Eduardo-Person-Pardin.png

Eduardo Person Pardini

É sócio principal, responsável pelos projetos de governança, gestão de riscos, controles internos e auditoria interna da Crossover Consulting & Auditing. É diretor executivo do Internal Control Institute - Chapter Brasil, palestrante e instrutor do IIA Brasil.

artigos colunistasLeia todos os artigos


Eduardo Person Pardini

Eduardo-Person-Pardin.pngÉ sócio principal, responsável pelos projetos de governança, gestão de riscos, controles internos e auditoria interna da Crossover Consulting & Auditing. É diretor executivo do Internal Control Institute - Chapter Brasil, palestrante e instrutor do IIA Brasil.



Filtro por Palavra-chave      Exibir #  
# Título do Artigo
1 Processo de gestão dos riscos corporativos; não complique o que é simples!
2 A importância do Canal de Denúncia para um efetivo programa de integridade
3 Conhecendo as atividades e responsabilidades da área de controle interno em uma corporação
4 A governança corporativa como resposta efetiva em tempos de transição
5 O CSA – Control Self Assessment não é um substituto para a auditoria
6 Estrutura do COSO gestão de riscos - Conhecendo os principais pontos da atualização
7 Os pilares para um efetivo programa de prevenção de fraudes
8 Para criar valor, as empresas devem parar de fingir que tem governança corporativa
9 O comitê de auditoria e sua relação com a governança corporativa
10 A importância da sinergia para a efetividade das atividades de governança
11 Processos corporativos de prevenção de fraudes no Brasil são insuficientes
12 Revendo e desmistificando o tema Compliance
13 Gerenciamento de Riscos - Os fatores de sucesso para sua implantação
14 Ética, uma virtude em falta nas empresas
15 Não se engane, a prevenção da fraude é uma responsabilidade da gestão
16 Os desafios das corporações pós operação lava-jato
17 Auditoria interna e seus estágios, um olhar mais aprofundado
18 O papel da auditoria interna no processo de compliance
19 O fortalecimento da governança das entidades públicas através da Instrução Normativa Conjunta nº 001.
20 O impacto da MP 703 no processo de prevenção de fraudes corporativa